Barra Brasil

NoticiasLinux.com.br

Microsoft vai suportar OpenDocument no Office

2006-07-07 03h20min




A Microsoft anunciou que irá suportar o formato OpenDocument no Microsoft Office (abrir e salvar), através de um projeto open-source que irá patrocinar, para a criação do plug-in.

O projeto, a ser hospedado no Sourceforge.net, será liderado por três empresas de software independentes financiadas pela Microsoft e aberta para todos os desenvolvedores, disse Tom Robertson, gerente geral para padrões e interoperabilidade da Microsoft.

Fonte: http://www.linuxworld.com.au/index.php/id;1131017534;fp;16;fpid;0







Comentários dos leitores:


Postado por Iuri Fiedoruk@201.35.xxx.xx [site] [e-mail] em 07/07/2006 10h50min:
É importante salientar que o suporte só se dará na versão nova do Office (12 ou 2007). Suporte à conversão do formato atual de doc do word só vai surgir por iniciativa da própria comunidade do OpenOffice.



Postado por Lipse@201.50.xx.xxx [site] [e-mail] em 07/07/2006 13h54min:
Iuri,

Tem certeza? Parece que eles vão portar o software pra versões antigas, só não se sabe até qual...creio que até o XP:

http://info.abril.com.br/aberto/infonews/072006/06072006-4.shl



Postado por Alexandre Guimarães Sarmento@200.141.xxx.xxx em 07/07/2006 17h35min:
Um dia alguém irá dizer: "É... alguém se lembra da época que usavámos o office da Microsoft ?"
É o futuro atropelando a Microsoft e sendo a cada dia que passa uma realidade mais presente, mais moderna e inovadora, o office da M$ já está com os dias contatos e na grande maioria dos órgãos de Governo na maioria dos Países do mundo, apenas um falecido software, que como sel lembrava, custava muuuuuito caro e oferecia pouquíssimo na relação custo/benefício.
:)
A M$ está adotando o velho ditado: "Se nao pode vencê-los, junte-se a eles"
:)





Postado por Alessandro@200.204.xx.xxx em 07/07/2006 19h16min:
Primeiro, gostaria de deixar claro que sou completamente a favor do Linux do do SL em geral, sou programador e usuário de SL.

Mais cá pra nós Alexandre, vc acha mesmo que uma empresa com R$ 50 bi em caixa, vai desaparecer ?
Ah, só sendo muito apaixonado (ou sego) mesmo....

t+



Postado por Alessandro@200.204.xx.xxx em 07/07/2006 19h17min:
Correção: são U$ 50 bi e não R$ 50bi hehe....



Postado por Alessandro@200.204.xx.xxx em 07/07/2006 19h18min:
Nova correção: sego = cego.
Acho melhor eu aprender a escrever primeiro pra depois dar alguma opinião... hehe.. t+



Postado por sardinha@213.22.xx.xx em 07/07/2006 19h41min:
Alessandro olhando para o passado nao houve marcas na historia que demonstrou que os grandes imperios terminaram ? Porque nao a Micro$oft e ouutras companhias monopolitas ? Os tempos sao outros mas a vontade é a mesma. Ninguem necessita de empresas monopolistas a quererem atropelar a inovacao e evolucao natural das coisas. As forças da natureza sao maiores que qualquer vontade propria do Homem. E esperar para ver.

Sem querer ofender ninguem claro.
Cumprimentos



Postado por Max Job@200.161.xxx.xxx em 07/07/2006 20h13min:
PRODUTOS terminam, aí é que está a diferença.

Concordo plenamente com o Alessandro, para quem possui U$50bi, sempre há uma alternativa.




Postado por A_gent Smith@200.248.xxx.xxx [e-mail] em 07/07/2006 20h46min:
Sim, como eles estão vendo que o negócio de programas aplicativos está saturado, estão atirando para outros lados... Video game, TV digital interativa, conteúdo para internet, instant messengers, e fora o que nem eu nem o grande público sabe.
Apenas gostaria que a M$ encolhesse até ficar do tamanho da IBM, e, humilde como a IBM está hoje.



Postado por Max Job@200.161.xxx.xxx em 07/07/2006 21h02min:
Cada dia mais percebo como brasileiro pensa pequeno.

Já nascem com o ideal "Estudar e arrumar um bom emprego".
No dia que pensarem em "Estudar e arrumar uma boa EMPRESA", talves nesse dia entenderão como as coisas funcionam.

Microsoft nada mais é do que uma empresa, e qual a função de uma empresa? Ganhar dinheiro.

Microsoft não tem obrigação de doar nada, ajudar em nada, facilitar em nada..Apenas 'Ganhar dinheiro'.

E se a IBM se limitou tanto, foi por incapacidade e incompetência própria.





Postado por Incoveniente@201.58.xxx.xx [e-mail] em 08/07/2006 00h10min:
ahhh.. WHGIII ainda nao comentou ? tava a fim de rir um pouko hhehehe


detalhe , tão usando licensa BSD ... podem muito bem terminar, (com o apoio de alguns loucos que nao se tocam a respeito disso), e fechar o código,... e dá-lhe processo de quebra de copyright ehehehe



Postado por Alexandre Guimarães Sarmento@200.141.xxx.xxx em 08/07/2006 02h10min:
A maioria das pessoas que defendem a M$ são justamente aquelas que nunca pagaram por uma licença do rwuindows, do word e outros, são os famosos piratas de software. O que justifica a grande maioria de usuários da M$, incrivel isso né?! A maioria das pessoas que usam M$ não compraram o seu tão querido sistema, ou, no máximo foram na esquina e deram o famoso: "R$ 10,00" e olha lá se foi isso tudo mesmo.
:)
Falando de paixão... bem, sou mesmo apaixonado pelo software livre, primeiro porque como o nome diz: é livre, depois, na maioria também é grátis, quanto ao caixa da M$, é uma empresa, ela poderá existir por muitos anos, mas seus produtos... bem... ai são outros 500
:)
Quanto ao cego, o maior cego é o que não quer ver, pare e olhe o movimento que ocorre ao redor do mundo, em todos os lados e direções, sem que haja uma pessoa, um grupo liderando, mas sim, a vontade do planeta em mudar e ser livre, esse movimento MUNDIAL e IRREVERSÍVEL se chama software livre meus amigos, não tem como mudar isso, nada vai parar esse processo, e a M$ está desesperada, porque ela sim, é uma empresa, tem um caixa, é um produto, o software livre não, não é uma pessoa, nem uma empresa, nem um produto, é a vontade do mundo em dizer: CHEGA!
:)
Vai fazer o que? Amarrar os programadores do mundo e dizer: usem M$ ?
Não tem mais volta, as pessoas primeiro usaram linux porque nao aguentaram mais as falhas e os virus da M$, hoje virou uma questão ética e moral, uma necessidade, nos governos do mundo é a única forma de estabelecer a sua independencia e o seu soberanismo, ou voce acha soberano um pais que depende de um software de uma empresa americana? E quanto a segurança dos dados dos cidadaos do seu País? Qual a segurança que existe em um programa que voce usa e nao sabe exatamente o que se passa nele em background? Aliás, a M$ está sendo processada por isso, dados de usuários sendo coletados sem a sua permissão. Bem, isso vale muito para alguém ou para o mundo desejar uma mudança, e nada, nem 50 Bi vão impedir o desejo do planeta.
aos menos de 9% de usuários no Brasil e talvez no mundo que usem um windows que não seja pirata, meu muito obrigado pela atenção, aos piratas... nada a comentar, quem "rouba" software e ainda conta vantagem nisso é demais né?
:)



Postado por Oddie@201.1.xxx.xxx em 08/07/2006 02h31min:
Alexandre, meu Deus do céu, quanta bobagem...



Postado por sardinha@213.22.xx.xx em 08/07/2006 02h45min:
Alexandre estou contigo, gostei do teu discurso, parabens.



Postado por Oddie@201.1.xxx.xxx em 08/07/2006 03h10min:
Olha só quem veio dar seu "apoio moral":

"As forças da natureza sao maiores que qualquer vontade propria do Homem."

Então o Capitão Sardinha ficará sentadinho, a esperar que a Microsoft seja destruída por um furacão, um terremoto, um tsunami... Mais um bobagem-maker.



Postado por Max, o Fiscal@201.1.xxx.xxx em 08/07/2006 03h15min:
"nem 50 Bi vão impedir o desejo do planeta."

Vocês fazem parte de alguma seita? Saiu alguma distro TeluriLinux no mercado? Ai caramba...



Postado por Willian Henry Gates III@200.175.xxx.xx [site] [e-mail] em 08/07/2006 04h51min:
"A maioria das pessoas que defendem a M$ são justamente aquelas que nunca pagaram por uma licença do rwuindows, do word e outros, são os famosos piratas de software"

Isso não é pão-durismo dos usuários, não, cara!
Você nunca percebeu que os países onde a taxa de pirataria é mais alta são justamente os de terceiro mundo? Cara, o Windows custa 700 pilas e o Office mais de 1.300. Acha que um trabalhador que ganha um salário mínimo vai ter condições de comprar? Tudo bem que os impostos e a taxa de lucro do fornecedor também têm sua parcela de culpa. Mas, num país onde não se ganha a merreca brasileira, o preço desses programas é fichinha para qualquer um.

"Quanto ao cego, o maior cego é o que não quer ver, pare e olhe o movimento que ocorre ao redor do mundo, em todos os lados e direções, sem que haja uma pessoa, um (...)"

Cadê os resultados? O Linux já existe a 15 anos e até hoje não conseguiu ultrapassar a marca dos 5% dos desktops. Nos servidores, ele conseguiu crescer um pouquinho mais.
Caia na real. O software livre JAMAIS vai substituir o software proprietário. O máximo que poderá acontecer é os dois ficarem disputando meio a meio. Mas o SL substituir, isso só nos doces sonhos dos linuxistas...

"as pessoas primeiro usaram linux..."

Não confunda usuários comuns com usuários avançados.

"nao aguentaram mais as falhas e os virus da M$"

São problemas decorrentes do número de usuários.

"ou voce acha soberano um pais que depende de um software de uma empresa americana?"

Ah, sim, claro! Vamos expulsar todas as empresas americanas do Brasil! Vamos fechar este país!! Vamos expulsar a Coca-Cola, a Pepsi, a Motorola, a Oracle, a Qualcomm, a Rayovac, a GE, a GM, a Kodak, a Caterpillar, a Xerox e todas as empresas do império do norte!
Ô cara! Acorda! Tudo bem que o lucro dessas empresas vai para sua matriz no exterior, mas e os bilhões de dólares em impostos que todas essas empresas geram para o Brasil? E os milhões de empregos que elas geram? E os milhões de programadores que ganham sua vida desenvolvendo na plataforma Windows?
E outra coisa: seguindo o seu raciocínio de "soberania", todas as coisas que as Forças Armadas brasileiras usam (não só produtos de informática; todos os armamentos, fardas, instalações, etc) deveriam ser brasileiros! Você vê isso? Claro que não. Essa ideologia fracassada de comunismo já era, meu amigo!

"Qual a segurança que existe em um programa que voce usa e nao sabe exatamente o que se passa nele em background?"

Mais de oitenta países e dezenas de instituições ao redor do mundo acessam os fontes dos produtos da Microsoft livremente. Ao contrário do que muitíssima gente pensa, ela não guarda os seus códigos a sete chaves, não.

Pois é, Alexandre... Capricha mais da próxima vez.



Postado por sardinha@213.22.xx.xx em 08/07/2006 11h58min:
Isto mais parece uma luta de galos que outra coisa, pessoas como voces em vez de criticarem com sabedoria e mais criticas por imposicoes, tem de aprender a ser menos agressivos.

Ninguem disse que o windows iria desaparecer do mercado, nao foi bem essa a mensagem que quiz passar, o que quero transmitir e que o windows continuara a existir mas a unica diferenca sera com menos força no mercado, obviamente que existirao muitos idiotas por esse mundo fora que nao irao conseguir viver sem o windows e quanto a isso nao ira haver nada a fazer.

Agora so vos digo uma coisa pensem no crescimento saudavel na vida, linux tem demorado a entrar nos desktops e sabem porque ? Isso tem uma razao simples mas voces nao conseguem compreender. Simplesmente porque as coisas saudaveis na vida demoram a crescer e como tal quando comecarem a criar sua maior força na altura de a quererem derrubar nao irao conseguir.

Por isso nao estou minimamente preocupado se linux entrara nos desktops daqui a 5 anos ou a 10 anos, em minha opiniao ja nao faltara muito, e tera seu valor quando tiver de ter(refiro-me a maior força que ira ter e ja esta a ter em relacao ao windows), e isso nenhuma empresa ira conseguir impedir.

Enganem-se aqueles que certas empresas sao Deuses no mundo e que isso durara para sempre, nada e eterno na vida, se nao sabem disso deviam saber e dar mais valor.

Se querem discutir assuntos de software livre façam-no com argumentos validos e nao so bla bla bla e opinioes que nao valem de nada, e que so sabem fazer de forma a tentar denegrir a imagem do software livre.



Postado por Max, o Fiscal@201.1.xxx.xx em 08/07/2006 12h41min:
Primeiro:
"Alessandro olhando para o passado nao houve marcas na historia que demonstrou que os grandes imperios terminaram ? Porque nao a Micro$oft e ouutras companhias monopolitas ?"

Depois:
"...tem de aprender a ser menos agressivos.
Ninguem disse que o windows iria desaparecer do mercado..."

E depois:
"Enganem-se aqueles que certas empresas sao Deuses no mundo e que isso durara para sempre..."

Sardinha e sua estratégia do bate-assopra-batedenovo... Isso está me parecendo um "bla bla bla". Prometo ser menos agressivo se você prometer ter uma visão mais realista do que acontece ao seu redor.



Postado por Giancarlo Rubio@201.21.xxx.xxx [e-mail] em 08/07/2006 14h18min:
Gates!!

Eis o desafio!!

Vc que é tao bondoso, e tao puxa saco.

Desafio tu a montar um servidor ruindows que dure algo mais que o que eu montar aqui. irei montar um bsd.

A questão é, caso tu consiga vencer nós do fórum a razão estara contigo, do contrário tu cai fora desse fórum??

è um simples desafio pra tu para de importuna nesse fórum, aonde vc somente cria confusão aonde não deveria ter! Veremos quem realmente funciona e quem não funciona!

E aos parceiros dele, o desafio ta lançado!

Aguardo respostas





Postado por Max Job@200.158.xx.xxx em 08/07/2006 15h09min:
"Falando de paixão... bem, sou mesmo apaixonado pelo software livre, primeiro porque como o nome diz: é livre.."

- ?!?

"Quanto ao cego, o maior cego é o que não quer ver, pare e olhe o movimento que ocorre ao redor do mundo, em todos os lados e direções, sem que haja uma pessoa, um grupo liderando, mas sim, a vontade do planeta em mudar e ser livre, esse movimento MUNDIAL e IRREVERSÍVEL se chama software livre meus amigos, não tem como mudar isso, nada vai parar esse processo, e a M$ está desesperada, porque ela sim, é uma empresa, tem um caixa, é um produto, o software livre não, não é uma pessoa, nem uma empresa, nem um produto, é a vontade do mundo em dizer: CHEGA!"

- Acho que vou chorar..

"Simplesmente porque as coisas saudaveis na vida demoram a crescer"

- Trabalha no McDonalds ?

A microsoft vai durar enquanto ela quiser, pois possui dinheiro, conhecimento, experiência e trabalha com inteligência.

"Se querem discutir assuntos de software livre façam-no com argumentos validos e nao so bla bla bla e opinioes que nao valem de nada, e que so sabem fazer de forma a tentar denegrir a imagem do software livre."

- Ha..Realmente você e o Alexandre nos emocionou com tais argumentos, parabéns. (¬¬)





Postado por Max, o Fiscal@201.1.xxx.xx em 08/07/2006 16h21min:
Gates!

Cospe aqui!

Passa dessa linha!

O cara ali chamou seu pai de sapo e sua mãe de perereca!

Deixa eu me adiantar ao meu "parceiro" Gates e lhe responder ao "desafio":

-----------------------------
"Postado por Willian Henry Gates III [site] [e-mail] em 07/07/2006 03h12min:
Windows, Mac e Linux não são os únicos SOs que existem. Faltou citar os BSDs. Para servidores, eles são imbatíveis."
-----------------------------

Está no post http://www.noticiaslinux.com.br/nl1152240231.html, dois abaixo desse aqui.

Depois não reclame de ser chamado de cegueta pelo meu "parceiro".



Postado por sardinha@213.22.xx.xx em 08/07/2006 16h41min:
De facto com estas pessoas assim nao da para ter uma conversa coerente, isto mais parece um bordel que um grupo de discussao com pontos de vista coerentes. Sugeria a quem tambem ja sugeriu neste grupo a deixarem de responder a este tipo de provocacoes. Criam flames e mais flames e nao passam do mesmo, e parece-me que alguem criou mais registos e esta a usa-los pela mesma pessoa.

Comentem so o que achar util e nao ir atras de conversas sem nexo nem sentido, e simplesmente so discordam por discordar porque sim porque acham piada.

Enfim.



Postado por Willian Henry Gates III@200.175.xxx.xx [site] [e-mail] em 08/07/2006 18h17min:
Valeu pelo adiantamento aí, "parceiro" Max.

Não vou nem chamar o Giancarlo de cegueta porque creio que isso não é novidade para ninguém aqui...



Postado por Willian Henry Gates III@200.175.xxx.xx [site] [e-mail] em 08/07/2006 18h19min:
"esse movimento MUNDIAL e IRREVERSÍVEL se chama software livre meus amigos, não tem como mudar isso, nada vai parar esse processo"

O software livre está longe de ser um "movimento mundial e irreversível".

Se você quer algo que seja realmente mundial e irreversível, esse algo é a globalização.



Postado por PX@200.184.x.xx em 08/07/2006 21h03min:
A cada dia, leio mais porcarias nos comentários daqui, e de ambos os lados... (inclusive esse meu aqui, se duvidar, hehe)

Comentando sobre a pirataria do Windows, seria interessante se a Microsoft fizesse preços diferenciados de acordo com o nível financeiro do país ou algo assim.
Além do mais, já parei de me preocupar com quem usa isto ou aquilo outro a muito tempo. Eu usando o que eu quiser já basta, o resto que se lasque!

Agora voltando ao tópico, deixe-me lembrar qual era... Ah, pelo menos agora, por exemplo, o tal professor da faculdade não terá motivos de obrigar ninguém usar a suíte de escritório que ele usa, não importa qual seja. Afinal, todas devem fazem a mesma coisa, não?



Postado por Joao Emanuel@201.24.xxx.xx [e-mail] em 09/07/2006 00h08min:
Pessoal, vocês estão confudindo um site de notícias, que permite comentários sobre a notícia, com um fórum ou lista de discussão!!! Galera acorda é sobre a notícia que devemos comentar e não sobre outros assuntos a margem da notícia!!! Eu também me incluo na lista.

E para as pessoas que acham que os comentários são fracos vão para um lugar de intelectuais e esqueçam do mundo virtual, pois aqui nenhum comentário é mais fraco ou mais forte todos são em níveis iguais só tem conhecimentos diferentes.

Perante a notícia:

Legal a Microsoft criar este plug-in mostrando que quer a interoperabilidade mesmo. Parabéns a Microsoft por isso.



Postado por Max Job@200.158.xx.xxx em 09/07/2006 01h30min:
"seria interessante se a Microsoft fizesse preços diferenciados de acordo com o nível financeiro do país ou algo assim"

Bem Vindo ao Starter Edition.



Postado por Max, o Fiscal@201.13.xx.x em 09/07/2006 01h39min:
Pela moralização deste post; pela volta à razão nesse espaço democrático; por opiniões abalizadas e coerentes; MEUS PARCEIROS, não caiam nessas provocações:

"...obviamente que existirao muitos idiotas por esse mundo fora que nao irao conseguir viver sem o windows"

"Isso tem uma razao simples mas voces nao conseguem compreender. Simplesmente porque as coisas saudaveis na vida demoram a crescer..." e bla bla bla

"Se querem discutir assuntos de software livre façam-no com argumentos validos e nao so bla bla bla e opinioes que nao valem de nada"

"isto mais parece um bordel que um grupo de discussao"

"simplesmente so discordam por discordar porque sim porque acham piada"

----------------------------
Tais afrontas só merecem uma resposta: o mais completo DESPREZO.
----------------------------

Joao Emanuel, concordo contigo.



Postado por Allein@200.232.xxx.xx [site] [e-mail] em 09/07/2006 13h06min:
Microsoft dar apoio à interoperabilidade pode ser uma coisa inteligente para não ficar anos luz distante da evolução tecnológica, mas raposa vigirar galinheiro ai é exigir demais. Esse Gates da vida deveria ir mesmo cuidar de sua ONG que por sinal tem seu nome, espertinho ele, não, porque qualquer doação para essa ONG irá pra seu bolsinho. Então, vamos continuar mantendo distancia desse cara e avançar como o mundo todo está fazendo. Dé o Evo Morales, o Chavez, etc todos querem se livrar de americanos, porque os brasileiro teriam que serem eternos escravos. Viva a Liberdade, via o Código Aberto.



Postado por Max, o Fiscal@200.206.xxx.xxx em 09/07/2006 19h14min:
Mas será possível???!!!

Meus PARCEIROS: continuemos na nossa luta contra as provocações gratuitas! Pactuamos pelo desprezo ao bla bla bla sem sentido - ou melhor, com o sentido claro de nos espezinhar. Mas, no post que traz a grata notícia sobre o suporte da MS a documentos abertos, somos obrigados a engolir argumentos pró-SL baseados em EVO MORALES E HUGO CHÁVEZ???!!!

ISSO É GOLPE BAIXO!!!

Deveriam ter incluído o nosso campeão, o Lulão (que tem seguido à risca a recomendação da campanha de trânsito "Se beber, não dirija": está a 4 anos sem dirigir absolutamente nada).

"Fuera a lo imperialismo! Fuera a la Petrobras! Los bolivianos no se puedem dejar esclavizar por los puercos brasileños! Viva la libertad!"



Postado por Anonymous@200.246.xxx.xx em 09/07/2006 22h13min:
Quanta besteira...



Postado por Max, o Fiscal@200.206.xxx.xxx em 09/07/2006 22h51min:
Ô...

O pessoal aqui poderia (se já não fazem isso) armazenar umas 3 ou quatro frases-padrão, no estilo daquela que começou essa ladainha, proferida pelo çábio Alexandre G. Sarmento:

--------------------
"É o futuro atropelando a Microsoft e sendo a cada dia que passa uma realidade mais presente, mais moderna e inovadora, o office da M$ já está com os dias contatos e na grande maioria dos órgãos de Governo na maioria dos Países do mundo..."
--------------------

E assim vai. Daí era só dar um CTRL + V. Parece que nem lêem a notícia: qualquer coisa é motivo pra soltar as velhas bravatas de sempre. Um monte delas sem nenhuma relação com a discussão: "O Rwindow$", "o Gayte$", "o IEca", "a liberdade", "a pirataria", "o inevitável", "nós e vocês", "os idiotas"... parece o samba duma nota só, só que mais monótono.



Postado por Max Job@200.158.xx.xx em 10/07/2006 01h31min:
Quanta besteira mesmo..

Incluir Evo Morales e Chavez na discussão é o fim da picada.

Me recuso a continuar.

Xará..vamo toma uma breja, eu pago.



Postado por Guedes@200.232.xxx.xxx [e-mail] em 01/08/2006 19h48min:
Postado por Max Job:
""Me recuso a continuar."

ufa! ainda bem!

Os 'Maxs' e WHG,são arrogantes, pretenciosos e medíocres, eles é que são fanáticos e não aceitam
qualquer contestação ao "monopolio perfeito e eterno da microsoft" e tem uma visão equivocada do que seja o capitalismo (e socialismo,já que um não existe sem o outro...),defendem sua visão distorcida do capitalismo, assim como os fundamentalistas/fanáticos que acreditam que suas visões peculiares das religiões que professam,são a verdade absoluta !





Postar seu comentário no site:
Nome:

E-mail:

Site:

Comentários (Não use tags HTML):

Caracteres digitados: 0
Limite de caracteres: 3000.
Manter meu nome e e-mail para futuros comentários.

Digite os números da imagem:
Verificação de Segurança