Barra Brasil

NoticiasLinux.com.br

Kotlin, alternativa ao Java, agora com código aberto

2012-02-15 02h42min




A linguagem alternativa da JetBrains para a plataforma Java, a Kotlin - que a companhia vem desenvolvendo desde 2010 e revelada em Julho de 2011 - foi agora liberada como software livre sob licença Apache 2. As ferramentas lançadas incluem o compilador Kotlin, o "Kompiler", um conjunto de melhorias para bibliotecas Java padrão tais como utilitários de conveniência para coleções de JDK, ferramentas de build (para Ant, Maven e Gradle), e um plugin para o IntelliJ IDEA para que funcione com o IDE do JetBrains.
Kotlin é uma estaticamente tipada que pode ser compilada para bytecode Java ou JavaScript. Foi projetada para ser mais segura que o Java com verificação estática para problemas como "null pointer dereferencing", e para ser mais concisa que o Java ao incluir inferência de tipo, funções de higher-order, mixins e delegação.
Os desenvolvedores dizem que quiseram torná-la "muitos mais simples do que o competidor mais maduro - Scala". Os desenvolvedores publicaram comparações com Java e Scala para explicar melhor o design da linguagem. Um demo do Kotlin via web permite que desenvolvedores experimentem a linguagem a partir de seus browsers, confira: http://kotlin-demo.jetbrains.com
Atualmente o Kompiler só gera bytecode JVM; a JetBrains começou a desenvolver um backend JavaScript e está pensando em criar um backend LLVM no futuro. Os desenvolvedores da JetBrains estão procurando por "Kontributers" a unirem-se ao projeto, seja trabalhando diretamente no código do Kotlin ou corrigindo outras bibliotecas Java e tornando-as "Kotlin friendly".
Snapshots de builds e código em https://github.com/JetBrains/kotlin e https://github.com/JetBrains/Kotlin/downloads
O nome Kotlin se refere a uma ilha russa; a JetBrains tem um escritório de desenvolvimento lá.

Fonte: http://www.h-online.com/open/n[...]le-as-open-source-1434434.html







Comentários dos leitores:


Postar seu comentário no site:
Nome:

E-mail:

Site:

Comentários (Não use tags HTML):

Caracteres digitados: 0
Limite de caracteres: 3000.
Manter meu nome e e-mail para futuros comentários.

Digite os números da imagem:
Verificação de Segurança